O que é due diligence? Saiba porque é tão importante para sua empresa

Você sabe o que é due diligence? Qual a sua funcionalidade dentro das operações de negócios?

O termo due diligence é bem simples e vem do inglês, sua tradução se diz a diligência prévia.

Mas o que é a diligencia prévia?

É um processo de investigação, onde são avaliados os riscos das oportunidades de negócios.

Através dessa definição, podemos entender melhor o encaixe da due diligence dentro das empresas.

Para analisar mais a fundo todo o conceito do termo, recomendo acessar o bom e velho Wikipédia.com.

Nós queremos esclarecer o que é due diligence, mas, também queremos exemplificar qual a sua funcionalidade no dia a dia da empresa.

O termo surgiu nos Estados Unidos, no período de 1933, em um decreto que era utilizado por pequenos comerciantes para se protegerem da falta de informação relevante em relação a investidores.


Recomendamos para você: Levantamento de dados de PF e PJ.


Em um artigo publicado pela Cavalcante Associados, due diligence é definido como:

“ A investigação completa de um negócio, geralmente feite durante o processo de uma negociação de compra e venda de um negócio ou empresa”.

Esse tipo de atividade, é geralmente relacionado a auditoria e serviços contábeis.

Sabemos que due diligence não é uma atividade nova, mas, após os acontecimentos de corrupção entre empresas privadas e governo, voltou a ter um certo destaque dentro das empresas.

Due diligence na prática

due-diligence-na-pratica

O desenvolvimento do due diligence é algo que mergulha em análise de informações e obter a informação relevante, nem sempre é uma tarefa fácil.

É necessário desenvolver um conjunto de ações que possibilitem a obtenção de dados significativos no processo decisório dos gestores.

Tendo em vista que, a aplicação do due diligence não precisa necessariamente ser realizada durante um processo de negociação ou venda.

Por isso, listaremos aqui o conjunto necessário para esclarecer a prática de due diligence e esclarecer todas as possíveis dúvidas.

Vamos lá?

Identidade completa da empresa

Os dados cadastrais da empresa é o primeiro passo para coletar os dados que serão analisados no processo de due diligence.

Os dados essenciais são:

  • Razão Social
  • CNPJ

Todos os dados levantados serão o alicerce para identificar o perfil da empresa.

Contrato/Estatuto social

O contrato social representa um acordo entre os membros que compõem a alta hierarquia da empresa.

Ambas as partes reconhecem que existe uma autoridade igualitária sobre todos, além de, um conjunto de regras que possa ser definido por um regime político ou um governante.

Histórico da empresa

historico-da-empresa

O histórico geral da empresa é de suma importância para o due diligence, pois permite obter uma visão periférica dos ativos da empresa, podendo ser.

  • Propriedades
  • Localização
  • Mudanças

Além de, permitir fazer um mapeamento geográfico de lugares onde a organização atuou e seus endereços principais, contando com suas filiais.

Estrutura societária e acionista

Saber com quem se negocia é essencial para qualquer parceria e aquisição.

É necessário saber como funciona o quadro societário de uma organização, quantos sócios possuem, quem são, se ambos possuem outras participações. Tudo isso é levado em consideração nesse processo.

O mesmo serve para os acionistas, pois os mesmos, também representam influência nas operações organizacionais. Dependendo do seu grau de participação na empresa, essa influência pode ser direta ou indireta.

Demonstrações financeiras

Este é um dos processos mais burocráticos, pois, na maioria das empresas privadas, essas informações são extremamente confidenciais.

Para uma negociação e até mesmo uma investigação, é necessário obter dados sobre:

  • Receita
  • Despesas
  • Lucros
  • Fiscal

A fraude financeira acontece comumente nas empresas, então, na hora de se obter tais dados, é necessária uma análise extremamente pontual de cada situação apresentada.

Certidões negativas de débito/Fiscal

As certidões negativas podem colocar por água a baixo qualquer tipo de negócio, por isso, é papel de uma operação de due diligence, pesquisar a fundo esse tipo de informação.

As certidões negativas de débitos/fiscal podem constar situações:

  • Trabalhistas
  • Créditos tributários federais

Qualquer pendencia apresentada nessas circunstancias pode ser uma informação totalmente relevante para o processo decisório da empresa, gestor e acionistas.


Recomendamos para você: Como fazer um background check?


Existência de contas correntes com os sócios ou empresas controladas/coligadas

relacoes-socios-empresas

Os dados ligados a correlações empresariais definem a forma de como funciona as operações financeiras da organização.

Digo isso pois, o lucro obtido da receita da empresa 1 pode estar sendo alocado para operações da empresa 2, isso já seria considerado um terrível erro.

Agora, imagine se essas empresas controladas e coligadas, fossem empresas offshore ou totalmente fantasmas?

Pois é, nunca pode ser considerado um bom negócio adquirir empresas ligadas a esse tipo de situação, muito menos estabelecer parcerias.

Descrição de contingências

As contingências podem estar ligadas a determinadas situações jurídicas da empresa, sendo mais claro, envolvimento em processos como:

  • Trabalhista
  • Fiscal
  • Ambiental

Nessa situação, o parecer de advogados da empresa exerce uma influência significativa na obtenção de informações quanto a causa de probabilidade de ganhos e perdas de causas.

Qualquer possível punição que venha ocorrer nas disputas processuais, danifica a imagem da organização e mina qualquer possibilidade de parcerias.

Conclusão

O desenvolvimento do due diligence na prática, é um conjunto de ações trabalhadas em cima de levantamento de dados que traçam o perfil de uma empresa.

Os 8 pontos que listamos neste artigo, são apenas uma parte de um conjunto de possibilidades que podem ser estudadas sobre uma empresa.


Recomendamos para você: A importância da auditoria interna.


Muitas vezes a prática de due diligence está ligada as atividades desenvolvidas pela auditoria, mas, por mais parecidas que sejam, as atividades possuem objetivos diferentes.

Esperamos ter contribuído significativamente através desse artigo, com uma melhor compreensão sobre o que é due diligence.

A prática do due diligence também é aplicada em ações socioambientais e você pode conferir melhor acessando o nosso infográfico sobre due diligence ambiental.

Caso eu tenha esquecido de alguma informação sobre due diligence, ou, até mesmo, se sua empresa utiliza outros tipos de prática, deixe um comentário abaixo, será um prazer receber o seu feedback e iniciarmos um diálogo.

No mais, caso queira saber mais sobre due diligence e temas relacionado, entre em contato com nossos especialistas no assunto.

banner-ebook-compliance-corporativo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *