A importância da governança corporativa nas empresas

Grandes e pequenas empresas têm procurado trabalhar em suas estruturas internas, na busca de obterem uma gestão sólida e distante de parcerias tendenciosas, que possam ser prejudiciais. Dessa forma, a governança corporativa tem ganhado força dia após dia.

Mas, o que leva as empresas a implantarem esse sistema de gestão?

Na maioria das vezes, o nosso principal exemplo para este caso, é relembrar os casos de corrupção e lavagem de dinheiro que ocorreu nos últimos anos aqui no Brasil.

Envolvimento direto em casos negativos, é totalmente prejudicial a imagem da empresa, bem como, o envolvimento indireto, que leva a marca a se tornar cúmplice, mesmo não estando envolvida nas “vantagens” desses esquemas.


Recomendamos para você: 3 fatores positivos nas empresas pós operação lava jato.


Após todos esses acontecimentos, as empresas passaram a se conscientizar, começando a desenvolver processos mais rigorosos que pudessem antever os riscos.

O desenvolvimento de algumas leis, também passaram a se tornar motivo de preocupações dentro das organizações.

A adoção de um novo modelo para se estruturar processo e mapear riscos, passa a ser prioridade nas empresas e, com isso, o compliance passa a se destacar como um departamento sólido.

A governança corporativa, é uma ação que junto com o compliance, passa a trabalhar na estrutura de processos e na minimização de riscos organizacionais.

Analisando todo esse processo de contribuição, resolvemos listar neste artigo 5 ações da governança corporativa que impactam diretamente na melhoria dos processos organizacionais.

Vamos lá?

5 ações da governança que reiteram sua importância

acoes-de-governanca-corporativa

Podemos dizer que a atuação da governança corporativa, é desenvolver um sistema pelo qual as empresas possam ser melhores dirigidas, monitoradas e incentivadas.

Por isso, os agentes responsáveis por alinhar essas ações, são s sócios, conselho da administração, diretoria e órgãos de fiscalização e controle.

Abaixo, vejas as 5 ações da governança corporativa que são determinantes para o desempenho interno e externo das empresas:

1# Monitorar a forma de gestão

Ao monitorar a forma de gestão das empresas, a governança corporativa faz uma série de levantamento de dados e informações sobre a forma que os processos estão sendo executados.

Dessa forma, facilita as chances de identificar riscos que possam ser prejudiciais para a empresa, bem como, processo mau desenvolvido e equipes que estão tendo dificuldades de relacionamento.

A governança corporativa, visa trazer melhorias ao funcionamento do trabalho interno, melhorando processos e elaborando relatórios periódicos que tragam dados essenciais para o desenvolvimento de melhorias.

2# Auxiliar no processo de decisão

A ação da governança corporativa no auxílio do processo decisório, é justamente o que mencionamos no ponto anterior, o levantamento de dados e informações.


Recomendamos para você: 6 técnicas de coleta de dados para a tomada de decisão.


Esses dados contribuem para uma análise efetiva da performance de equipes e processos, dando um embasamento para a tomada de decisão.

Os gestores da empresa acabam tendo mais facilidade em identificar os riscos e problemas, antes mesmo que eles aconteçam. Dessa forma, eles já trabalham no processo decisório de prevenção.

3# Minimizar conflitos

minimizar-conflitos-internos

Os principais fatores que colocam a empresa em situações de riscos, são formulados e causados por pessoas.

Podemos denominar esses fatores por 2 P’s:

Processos mau desenvolvidos podem levar toda a operação de uma empresa por agua abaixo, bem como, pessoas não compromissadas com as políticas da empresa.

A governança corporativa desempenha o papel de gerenciar essas pessoas, para que assim, qualquer conflito que possa surgir, venha a ser resolvido rapidamente, sem afetar o desempenho empresarial.

Uma boa gestão e uma boa liderança, são formas de evitar que processos ruins sejam desenvolvidos e aplicados ao dia a dia da empresa, e também, que pessoas não venham a se sentir desamparadas.

4# Alinhar os interesses

Nesta etapa, as ações desenvolvidas são totalmente definidas pela alta cúpula da empresa.

Sócios, diretores e acionistas precisam alinhar o rumo que a empresa deve tomar e, dessa forma, definir estratégias em que ambas as partes saiam ganhando.

Para que uma empresa consiga desenvolver bem o seu papel no seu mercado de atuação, a alta cúpula da empresa precisa ser uma só em pensamento, objetivos, estratégias e outros.

5# Facilitar o acesso ao capital

Uma empresa com uma gestão estruturada, processos internos de alta performance e uma liderança envolvida com os objetivos da empresa, atrai mais investidores.

A governança corporativa tem por si só, o objetivo de atrair fornecedores de recursos monetários, para garantirem o retorno sobre o investimento da empresa.

Conclusão

A implementação da governança corporativa dentro de uma organização, traz benefícios significativos para o seu funcionamento, isso, quando bem executada.

Aplicar regras que deem algum sentindo lógico para o funcionamento da empresa, traz consigo, mais agilidade para os processos, além de incentivar a transparência organizacional.


Recomendamos para você: A importância do gerenciamento de riscos.


Desenvolver outras práticas que possam melhorar o fluxo dos processos da organização, é fundamental para a efetividade da governança corporativa. A realização de auditoria interna (Seja independente ou não) contribui diretamente para o mapeamento de riscos.

Se você conhece outras ações que tornam a governança corporativa ainda mais importante, deixe um comentário a baixo e se você também achar, que deixei de comentar mais alguma coisa, não deixe de comentar.

A upLexis atua a mais de 10 anos no mercado, contribuindo na melhoria dos processos internos de seus parceiros, através de informações relevantes extraídas nas mais diversas fontes de consulta.

Caso possua o interesse de conhecer mais sobre nossas soluções, entre em contato com um de nossos especialistas no assunto.

No mais, espero que o artigo tenha sido útil e que tenha contribuindo para o melhor entendimento da governança corporativa dentro das empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *