Como se tornar um Compliance Officer

Compliance é uma área com grandes possibilidades de crescimento, impulsionada pelas Lei Anticorrupção,Lava Jato e tantos outros escândalos brasileiros.

Várias empresas brasileiras tiveram que passar por adequação e por isso criaram a área ou estão implementando sistemas de compliance.

Sendo portanto uma área em franca expansão, mas que depende da interação com outras áreas da empresa para tornar essa ação sustentável.

Para estruturar essa área há a necessidade de um novo profissional: o compliance officer.

Usualmente esse profissional é um executivo mais sênior que possui experiências anteriores em contabilidade ou área jurídica.

Esse será o pano de fundo para o desenvolvimento desse profissional.

Quais serão suas obrigações?
Os Compliance Officers são responsáveis pela supervisão e gestão de quaiquer problemas relacionados a Compliance, Leis ou Regulações daquela empresa.

Isso inclui escrever relatórios frequentemente sobre a adequação ou não daquela regulamentação para recomendações de mudanças antes de quaisquer problemas.

Entre essa função algumas outras seguem-se:
Criar estratégias de gerenciamento de risco;
Coordenar auditorias internas para garantir que o compliance está sendo seguido;

Basicamente monitorando e enxergando o mais amplamente possível os serviços e atuações da organização diante do Estado e suas regulações.

Como tornar-se esse profissional?
Usualmente o Compliance Officer é a graduação mínima desse profissional.

Essa graduação inicial costuma envolver Finanças, Administração, Negócios, Contabilidade, porém há empresas que não exigem esse cenário prévio focado em alguma dessas áreas.

Dependendo do segmento de atuação é necessário certificações adicionais, adequando-se à demanda do mercado, portanto.

Ele pode atuar em inúmeros segmentos, finanças, saúde, indústria, gestão ambiental e muitos outros.

Quais as suas principais qualidades?
O Compliance Officer além de ser a pessoa que zela da imagem da empresa diante de riscos, tem que desenvolver algumas habilidades comportamentais para lidar com as situações que passará.

Algumas das habilidades que deve desenvolver ou já ter no seu perfil são:
Habilidade em liderança;
Excelentes habilidades comunicacionais, tanto escrita para seus relatórios como oral para dar pequenas palestras instruindo os colaboradores;
Capacidade em tomar decisões éticas em cenários adversos;
Integridade;
Habilidade em trabalhar com informações restritas e sigilosas.

O Compliance Officer é o profissional que vai agir diante de inúmeras situações adversas para sua empresa e terá que ter a segurança de que um bom trabalho foi realizado por sua equipe.

Garantindo assim que a empresa em questão esteja em compliance.

Quer ser um Compliance Officer? Nos conte aqui, porquê!