Como ler o futuro com análise de informações?

Como já citamos anteriormente, a informação se tornou nos dias atuais um dos recursos fundamentais para uma empresa. Saber como fazer a análise de informações é essencial!

Como a cultura da reação vem fazendo com que diversas empresas acabem perdendo seu espaço, e como evitar isso?

Muitos atualmente investem em pesquisas para basear suas decisões, sendo elas pesquisas de mercado ou de clientes, sempre buscando adaptar o seu produto e sua comunicação para poder diminuir os efeitos da crise.

Mas será que devemos realmente olhar apenas para quem queremos convencer a comprar o que já vendemos? Eu sei, a pergunta parece meio confusa a princípio, mas vamos por parte.

Quando você pensa nos tipos de pesquisas mais realizadas por essas empresas você verá que, em sua maioria, são pesquisas de comportamento de mercado e de consumidor.

Essas informações estão de fato influenciando o desempenho do negócio? Ou são apenas dados comuns (mais do mesmo)?

Analisar informações exige pensamento crítico dos gestores. Com toda a evolução tecnológica, querer automatizar a análise é algo comum entre os decisores.

Recomendo que você leia: Dados ou informações: qual é mais importante para o processo decisório?

São informações relevantes e que trazem benefícios para as empresas, mas então porque eu estou falando dessas pesquisas?

O real problema se encontra em outros dois pontos, a utilidade que é dada a essas informações, e a falta de preocupação com a captação de informações em outros pontos que podem ser mais frágeis para as empresas do que propriamente as vendas.

Geralmente essas pesquisas são realizadas de forma pontual, e apresentam questões presentes para guiarem reações que possam ser tomadas para que esse problema seja resolvido a um curto/médio prazo.

Analisar informações, é encontrar valor nos dados e isso faz com que essas soluções tenham dois problemas principais:

  • O curto prazo de tempo antes de se tornarem obsoletas
  • O risco de afetarem negativamente os resultados da empresa a longo prazo.

Mas como eu vou tomar decisões a longo prazo? Eu não tenho como prever o futuro…

sera-possivel-prever-ofuturo-com-analise-de-informarcoes

Será que não?

Como a análise de informações pode prever o futuro?

Você provavelmente deve ter feito a ligação entre este subtítulo e o filme que leva o mesmo nome na tradução brasileira, e sim, vamos falar sobre “A Grande Aposta” (The big short) e como esse filme tem tudo a ver com análise de informações.

O filme que conta a história da crise imobiliária americana, entre os anos de 2007 e 2008, foi um dos mais comentados em 2016, conquistando o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado.

Em seu elenco contava com grandes astros como, Christian BaleSteve CarellRyan Gosling e Brad Pitt, e trazia um ritmo agradável com uma trama bem construída.

Mas se olharmos um pouco mais a fundo podemos reparar que o filme traz uma mensagem ainda mais impactante, e que passa despercebida para a maioria das pessoas: as coisas dão errado, e você tem que estar pronto para isso (análise e pensamento crítico é fundamental).

a-analise-de-informacoes-e-fundamental-para-decisoes

Se você não assistiu ao filme, aqui vai um pequeno contexto sem spoilers:

  • O filme conta a história de alguns investidores que, em uma época onde o mercado imobiliário americano estava aquecido, apostam que o mesmo irá quebrar.
  • Tal ação é ridicularizada por grandes bancos e investidores do mercado, que apesar de terem disponíveis as mesmas informações que levaram os investidores a essa conclusão, não acreditam na possibilidade do mercado realmente quebrar.
  • O resto nós já sabemos, uma crise econômica como não se via a anos, que afetou o mundo inteiro.

Tínhamos na época um cenário aquecido onde a maioria das empresas envolvidas conseguiram enxergar a possibilidade de gerar muitas vendas e dessa forma conseguir lucro a curto prazo (Só esqueceram de analisar as informações fundamentais).

Imóveis eram vendidos de maneira rápida e sem barreiras, sem uma real preocupação com a capacidade dos clientes que estavam realizando o financiamento pelos bancos, realmente conseguirem pagar por aquilo que estavam adquirindo.

Por não se atentarem a essas informações, e acreditarem em um mercado que não iria quebrar, as empresas realizavam investimentos de maneira exagerada em novos imóveis, gerando uma bolha que acabou resultando na crise.

“A verdade é como poesia. E a maioria das pessoas odeia poesia. ”

 – A Grande Aposta

O resultado, como vocês já podem imaginar, foi um mercado extremamente confuso e fragilizado, com diversas empresas que pensavam em resultados a curto prazo quebrando e bancos precisando de investimento governamental para poderem se manter.

Um cenário caótico que onde gastos e investimentos tiveram que ser cortados, onde as empresas que não conseguiram reagir simplesmente tiveram que fechar.

Falamos muito sobre a importância da informação para a tomada de decisão atualmente, porém esquecemos que analisar essas informações ainda é parte fundamental do trabalho.

Recomendo que você leia: Como a tecnologia pode melhorar a gestão de riscos?

Porém também foi um cenário de muito lucro, para aqueles que haviam analisado as informações e se prepararam para os resultados.

Apesar de parecer simplesmente mais uma aposta, os números já guiavam um caminho que seria tomado pelo mercado, bastava apenas parar para ler.

Como está a nossa situação?

Estamos no Brasil em um momento difícil, apesar de parecer que as coisas estão melhorando, diversos números apontam que ainda não nos recuperamos totalmente, nem estamos livres de novas quedas.

Essas informações estão disponíveis para análise em uma variedade de blogs e sites na internet.

Para evitar uma crise futura e tentar voltar aos bons resultados, diversas empresas começaram a se basear em informações para tomar decisões.

Porém essas informações muitas vezes são incompletas ou então estão restritas à certas áreas da empresa.

Devemos começar a implementar a cultura de análise de informações como sendo uma das bases fundamentais para tomar decisões como um todo, e não apenas focando em reações para problemas atuais.

Não basta tentar evitar a crise que vivemos simplesmente aumentando vendas, é preciso proteger a empresa e pensar a longo prazo, olhar para os dados e extraís valor deles. Analisar as informações para ser guiado a ações corretas que causem impacto no negócio.

Existem diversos pontos fracos que são realmente fáceis de serem evitados, ter atenção análise de informações é chave para evitar problemas e prever o futuro.

Recomendo que você leia: Como melhorar a gestão de processos com análises de dados?

Deixo aqui alguns questionamentos sobre pontos importantes que muitas vezes passam despercebidos:

1# Você conhece os seus fornecedores?

Uma grande empresa pode ter muitos fornecedores, e apesar de muitas vezes parecer uma ligação inofensiva, quando uma empresa faz algo de errado, geralmente a maior empresa ligada a ela é quem realmente sai prejudicada.

Por ter uma base enorme de fornecedores, muitas empresas já investem na análise de informações precisa e minuciosa sobre seus parceiros de negócio. Atualizam automaticamente os dados e se preocupam com o essencial.

O valor extraído das informações.

2# Você conhece seus clientes?

Outro ponto que pode ser arriscado para seu negócio, tanto no mercado B2B como B2C, pois o uso do seu produto pelo cliente, as práticas que ele está envolvido, ou até mesmo a possibilidade de não pagamento devem ser coisas estudadas, informações analisadas, buscando sempre proteger a marca principal.

Conclusão

Essas são algumas respostas que podem ajudar a sua empresa a começar um planejamento que irá evitar uma crise futura e se preocupar mais em realizar analise de informações.

Você pode prever o futuro se fizer as perguntas corretas e realizar uma boa análise de informações necessárias, levando um impacto positivo para a estratégia da sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *