Como fazer uma investigação empresarial?

A investigação empresarial tem sido uma prática adotada por algumas empresas.

A adoção de novos processos atrelados a áreas como compliance e gerenciamento de riscos, exige que a empresa encontre meios de identificar situações irregulares no seu dia a dia.

Quando falamos em investigação, qual a primeira coisa que vem em sua mente?

Se você imaginar policiais, detetives, CIA, FBI, entre outro, acredito que pense um pouco como eu (risos).

Na verdade, a investigação empresarial até segue uma linha meio secreta, bem como os personagens citados anteriormente. Isso irá auxiliar os gestores a manterem a ordem no dia a dia da empresa.

Vamos descobrir melhor como funciona uma investigação empresarial no decorrer desse artigo. Continue lendo! 🙂

O que é a investigação empresarial?

o-que-e-investigacao-empresarial

Podemos definir a investigação empresarial como um conjunto de práticas aplicadas para descobrir o que há de errado com o andamento e desenvolvimento de uma empresa.

Essas práticas têm como objetivo, encontrar irregularidades nos setores internos da organização, tais como:

  • Fraudes.
  • Desvios de dinheiro e outros recursos.
  • Prejuízos em geral.
  • Chantagens e espionagens.
  • Outros.

É incrível essa situação, toda organização está sujeita a tais irregularidades e é para isso, que existe a investigação empresarial. Para expor essas práticas ilegais aos gestores.

Nesse artigo explicamos: Como fazer uma auditoria de due diligence?

Porque fazer uma investigação empresarial?

porque-fazer-investigcao-empresarial

Nesse artigo publicado pelo e-commerce News, é exposto um dado interessantíssimo, onde afirma que 70% das empresas no Brasil sofrem algum tipo de fraude e mais, 60% desses casos é realizado por funcionário e ex-funcionários.

Então, quando há a necessidade de realizar uma investigação empresarial na sua empresa?

O que leva os gestores de uma empresa requisitar uma investigação empresarial, na maioria das vezes é a suspeita de algum colaborador estar praticando atividades ilegais.

Essas atividades podem ser algum tipo de fraude, favorecimento com algum cliente ou fornecedor, ocultação de bens materiais da empresa e entre outros.

O fato é, que a investigação empresarial serve para levantar fatos que comprovem essa suspeita dos gestores.

É importante que os responsáveis pela contratação de uma equipe de investigação empresarial, mantenham tal projeto em sigilo, para que dessa forma obtenham êxito durante a execução.

Agora, vamos a prática dos fatos e aprender como iniciar uma investigação empresarial.

5 Passos para iniciar uma investigação empresarial

5-passos-para-uma-investigacao-empresarial
– A investigação empresarial precisa ser sigilosa.

Por se tratar de uma “investigação”, obter métodos utilizados durante um projeto como esse não é uma tarefa fácil. Eu obtive uma certa dificuldade.

Através de alguns minutos de pesquisa, consegui encontrar algumas práticas que são utilizadas no desenvolvimento de uma investigação empresarial.

Você pode ler nesse artigo: A importância da ética empresarial.

Espero que esses métodos sirvam para auxiliar você, gestor, a dar um passo no seu projeto e acabar com essa desconfiança que o incomoda, e tira suas noites de sono.

Vamos aos passos:

1 – Monitorar a comunicação interna

O primeiro passo que você pode implantar na investigação empresarial, é passar a realizar um monitoramento cuidadoso na comunicação interna da sua empresa.

Monitorar a comunicação da empresa exige transparência e ética na hora de coletar as informações. É necessário tomar um extremo cuidado para não expor nenhum colaborador, até mesmo aqueles que são considerados os suspeitos.

Identificar comportamentos que afrontam as políticas internas da empresa é um dos pontos principais de monitorar a comunicação interna.

Mas, lembre-se, todo cuidado é pouco.

2 – Escutas telefônicas

Considero o segundo passo um tanto mais delicado.

Implantar escutas telefônicas para monitorar o que sai de dentro da empresa para o seu ciclo de relacionamento e mercado, também deve ser aplicado de forma transparente. Sem expor nenhum terceiro. No caso, clientes e fornecedores.

É importante ressaltar que se trata de uma investigação empresarial e tais métodos precisam ser aplicados para que realmente sejam encontrados os fatos que comprovem as suspeitas por parte da empresa.

As escutas telefônicas podem identificar algumas atividades como o favorecimento a algum cliente ou fornecedor, chantagens por parte de colaboradores, conversas suspeitas a respeito de transações financeiras e entre outras.

A maior preocupação sempre ficará por parte da exposição de alguém, por isso, todos os dados coletados devem ser tratados de forma sigilosa pela empresa e os responsáveis pela execução da investigação.

3 – Controlar o fluxo de dados (Segurança da informação)

Envolver a alta tecnologia é fundamental, no mundo digital a segurança dos dados ainda é um assunto bastantes questionado por sua eficiência.

Ter o controle do fluxo de dados é fundamental para saber o que se passa na troca de mensagens como e-mails com clientes, fornecedores e até mesmo outros colaboradores.

É fundamental ter um sistema de rede totalmente adaptado e seguro de acordo com a necessidade da empresa, evitando que computadores possam ser invadidos sem permissão.

Podemos colocar esse passo como um dos mais delicados também.

4 – Infiltrar um contra-espião

Se você pensou naqueles agentes infiltrados, tipo aqueles filmes americanos que exaltam a eficiência dos seus agentes. Esse passo terá que seguir um pouco dessa linha. Mas, sem muita ação e explosão.

Esse passo precisa ser bem sigiloso e os colaboradores não podem desconfiar da pessoa responsável por desenvolver esse papel, não é nada hollywoodiano.

Aqui é necessário que o agente infiltrado, encontre outros infiltrados ou colaboradores insatisfeitos que possuem comportamentos propensos a prejudicar a empresa.

Toda e qualquer informação obtida, deve ser discutida pela alta cúpula da empresa ou com os gestores responsáveis por implantar a investigação empresarial.

Pois, afinal, não podemos descartar a hipótese de até gestores estarem envolvidas em casos irregulares na empresa.

Conheça a: Importância do gerenciamento de riscos.

5 – Esteja sempre um passo à frente

Estar um passo à frente é primordial para a excelência da investigação empresarial.

Houve alguns casos reais, onde uma organização que estava sendo espionada por sua concorrente, obteve êxito ao saber da ação. Conseguindo dessa forma, contornar a situação com uma ação contraespionagem.

Conclusão

Você viu como a investigação empresarial é uma prática importante para descobrir e identificar os erros que acontecem internamento dentro de uma empresa?

Agora que você conhece alguns passos sobre como fazer uma investigação empresarial, é quase impossível não identificar o momento certo de solicitar um projeto como esse.

Espero que esse artigo tenha ajudado você a entender melhor como funciona uma investigação empresarial e quebrar alguns estereótipos.

Caso você conheça algum outro passo, comente aqui em baixo! Será um prazer iniciar um diálogo.

1 Comentário


  1. ola eu tenho uma certa experiencia ,já fis investigação em 36 empresas ,mas todas as informações como estas são de proveitos ,gostei muito,

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *