7 dicas para fazer clipping jurídico

Mapear as informações essenciais para um processo decisório ou, até mesmo o desenvolvimento de um negócio, não é tarefa fácil. Por isso, hoje listaremos 7 dicas para se fazer clipping e obter a informação esperada.

O clipping é uma prática de recorde de informações, como se fosse realizar uma coleta de dados para identificar tendências e obter informações relevantes.

Atualmente, fazer clipping se tornou bem mais fácil, quando temos a nosso favor ferramentas tecnológicas eficientes para monitorar a internet.


Recomendamos para você: Conheça 5 dicas de como usar o clipping online.


Mas, apenas monitorar não é o suficiente. Assim como na coleta de dados, as informações coletadas precisam estar alinhadas com um propósito.

Aqui na upLexis, nós fornecemos o serviço de clipping online para nossos clientes. Mas, não entregamos algo que os mesmos não utilizem para um fim especifico.

O nosso clipping monitora fontes que integram as informações necessário que auxiliarão o nosso cliente o processo decisório, além de, minimizar o tempo dele tendo que pesquisar fonte por fonte, para depois de todo esse processo ainda ter que analisar os dados.

Pensando nesse contexto, selecionamos 7 dicas essenciais para se fazer um clipping eficiente (Seja ele online ou não).

As melhores dicas para se fazer clipping

1# Objetivo

defina-objetivos

 

A definição de objetivos é ponto de partida para qualquer processo de planejamento e de resultados. Como esperar resultados quando não sabemos onde queremos chegar.

Ao definir os objetivos, fica muito fácil a busca pelas informações necessárias.

Um exemplo:

– Precisamos de um relatório sobre tecnologia e a distribuição da internet para regiões sem acesso.

Podemos recolher informações ligado a esses temas que se complementam:

Deu para entender? Clipping é o recorte de informações relacionadas ao objetivo proposto.

2# Métodos

defina-metodos

 

Utilize métodos que sejam eficientes e que estruturem o fluxo de trabalho na hora de fazer clipping.

Faça uso de um organograma, onde você pode estruturar toda a parte de execução do processo.

Utilize palavras-chaves especificas e canais de comunicação mais relevantes sobre o tema a ser monitorado.

Pois, quando for pesquisar sobre processos jurídicos, você não caia em páginas de esporte.

3# Ferramentas

escolha-ferramentas

 

Neste caso, aconselharia o uso de ferramentas digitais, pois, a utilização das mesmas otimizar praticamente 1000% do trabalho a ser realizado manualmente.

Além de ir atrás dos termos mais específicos, as ferramentas digitais conseguem um alcance bem eficiente na hora de procurar páginas na internet que falem sobre o tema em questão e gera relatórios prontos para análise.

Os benefícios do uso de ferramentas digitais:

  • Otimização de tempo
  • Eficiência nas buscas
  • Geração de relatórios

As ferramentas podem ser:

4# Canais de comunicação

canais-de-comunicacao

 

A escolha dos canais de comunicação é essencial na qualidade da informação que se deseja obter.

Podemos classificar esses canais da seguinte forma:

  • Irrelevante
  • Relevante
  • Extremamente importante

A internet possui diversos sites que abordam os mesmos temas e os dados disponibilizado por cada site, precisa ter algum fundamento ou base factual.

Quais perguntas eu tenho que fazer?

  • Qual a relevância desse site no segmento que pesquiso?
  • Quantas vezes esse canal disponibilizou informações verídicas?
  • Quantas vezes esse site errou na previsão de informações?

É necessário ser bem seletivo na hora de buscar informações nos canais de comunicação.

É aquele velho ditado: “Qualquer cuidado é pouco”.

5# Diversificação

diversificacao

 

A diversificação, não está atrelada a ir em vários sites em busca da mesma informação e sim, em explorar todo o contexto do tema em pesquisa.

Ao utilizar o clipping, você está totalmente aberto para explorar todas a informações que compõem um mercado.

Exemplo:

  • Tema: Culinária
  • Objetivo: Fazer o melhor bolo de cenoura
  • Monitorar: Bolos de cenoura; matéria prima; quem faz o melhor bolo de cenoura?; e por aí vai.

Os exemplos que estou utilizando são totalmente figurativos, dentro de um ambiente de negócio, sabemos que a formalidade desempenha suma importância.

Queremos exemplificar de uma forma simples, para que assim, você entenda perfeitamente como funciona a utilização do clipping.

6# Relatórios

relatorios

 

Após monitorar, pesquisar e obter as informações necessárias, é hora de estruturar todos os dados para que façam sentido e que o analista encontre compreensão na hora de decidir.

As ferramentas digitais são um avanço na estruturação de dados e informações, pois, automatizam todo o processo de geração de relatório, permitindo ao cliente apenas a análise das informações.

Ter esses recortes documentado é fundamental para que a utilização do clipping demonstre sua eficiência.

7# Compartilhar

compartilhar

 

Compartilhar as informações com seus clientes sobre tudo o que foi pesquisado, dará a ele uma compreensão sobre tudo o que tem sido comunicado em relação ao tema.

Compartilhe:

  • Notícias resumidas
  • Sites que falaram sobre o tema (URL)
  • Comentários positivos e negativos

É importante não deixar as informações arquivadas, enquanto elas podem reverter as situações de negócios, gerar insights e principalmente lucro.


Recomendamos para você: Clipping: como ele pode ajudar a sua empresa.


Conclusão

Fazer clipping não precisa ser uma tarefa difícil e demorada, a tecnologia atual nos possibilitar automatizar processos e otimizar a nossa produtividade, trazendo praticidade no nosso dia a dia.

Por muito tempo, era necessário ter um profissional que monitorasse todos os canais de comunicação para coletar dados informações que seriam do interesse da empresa ou cliente.

Fazer clipping é uma tarefa simples e te garanto que após essas 7 dicas que listamos, será ainda mais.

Nós da upLexis, estamos atuando já há um tempo significativo no mercado com o clipping e temos ajudado os nossos clientes a monitorar as informações de seu interesse.

Denominamos o nosso produto de clipping, o upJuris, como o google dos diários oficiais. Monitorando todos os diários do Brasil em busca de informações de processos e gerando um relatório como todos os dados aos advogados parceiros.

Caso possua o interesse em conhecer a nossa ferramenta de clipping e saber um pouco mais sobre o que fazemos, não deixe de acessar o nosso site ou falar com um de nossos especialistas no assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *