3 fatores positivos nas empresas pós operação lava jato

Não temos mais dúvidas de que a investigação da lava jato foi a maior operação realizada no Brasil contra a corrupção, suas consequências não foram apenas negativas e algumas empresas obtiveram fatores positivo, consolidando as suas operações de acordo com o que é exigido na Lei n° 12.843/13 (conhecida como Lei anticorrupção).

A operação lava jato serviu para dar uma estagnada na corrupção, como? Bom, algumas empresas que estavam envolvidas com casos de corrupção e lavagem de dinheiro, mesmo não sendo ligadas diretamente a lava jato, passaram a se preocupar um pouco mais com suas ações e assim se privar um pouco de ações tendenciosas ao tema.

O envolvimento de grandes empresas na lava jato, serviu só para consolidar o pensamento da população sobre projetos públicos superfaturados e nunca terminados. A prisão dos executivos dessas empresas passou um grau elevado de seriedade de que agora o país estava de fato passando por mudanças.

De fato, os pontos negativos foram os mais observados em todo esse processo de investigação, tais como lavagem de dinheiro, políticos envolvidos, executivos envolvidos, empresas privadas se beneficiando, governo se beneficiando. Mas, será que conseguimos tirar pontos positivos e que sejam benéficos para o mercado pós a operação lava jato?

Espero conseguir relatar fatores que foram benéficos para a conscientização das empresas e de seus gestores após a maior operação anticorrupção do país.

Os fatores positivos nas empresas pós impactos da investigação a operação lava jato

Sabemos que, tais pontos já deveriam fazer parte da cultura das organizações. Ser transparente em qualquer situação, só traz benefícios e por mais que a operação lava jato só tenha escancarado ainda mais os casos que já conhecíamos, a mesma pode contribuir para uma mudança comportamental das instituições, fazendo com que a mudança fosse imediata em suas operações.

Precaução e combate à impunidade

combate-a-corrupcao

 

O que leva as empresas se envolverem com casos de fraude? Quem se envolve é a empresa ou o funcionário? O que leva os colaboradores da empresa a cometerem fraude?

Podemos listar aqui diversos questionamentos para tentarmos chegar a um consenso sobre os motivos que levam empresas e funcionários a cometerem casos de corrupção, sabemos também, que a maioria das vezes, os conflitos são as principais causas que levam colaboradores a cometerem fraude.

Após todo o processo que deu início a investigação da operação lava jato, as empresas passaram a se preocupar mais com os pontos que poderiam influenciar o envolvimento com a corrupção e estabeleceram providencias que pudessem punir tais ações que viessem a ser cometida por colaboradores.

Com o surgimento de leis que punem as intuições envolvidas a tais casos, as empresas tiveram que se adaptar a modelos administrativos que pudessem preveni-las de estarem enquadradas fora dos termos exigidos pelas leis.

Alguns pontos que podemos implantar para precaver a empresa de causos de fraude e corrupção:

  • Gestão de incidentes.
  • Gestão de riscos.
  • Gestão de recursos.
  • Dependência operacional.
  • Registro do que acontece no ambiente.
  • Gestão sobre os registros

Revisão da governança corporativa

revisao-da-governanca-corporativa

 

A governança corporativa não é um fator considerado obrigatório na gestão de empresas brasileiras, geralmente é aplicada a empresas de capital aberto, no caso, grandes empresas. Após os escândalos da lava jato, se tornou um fator positivo nas instituições brasileiras e vem crescendo cada vez mais.

Antes de cair nas investigações da lava jato, a Petrobras, empresa estatal brasileira, publicou em janeiro de 2015 o seu relatório contábil, onde, não continha as informações detalhadas referente ao seu superfaturamento, culminando em uma reação imediata do mercado e a saída da diretoria e presidência. Tal ação imprudente da Petrobras, fere alguns dos princípios da governança corporativa

A governança corporativa possui princípios que são considerados fundamentais para uma melhor gestão empresarial e que entra como boas práticas de gestão:

  • Transparência
  • Equidade
  • Prestação de conta
  • Responsabilidade corporativa
  • Integridade
  • Compromisso
  • Liderança

Após todo o imbróglio da lava jato, a governança corporativa passou a ser reavaliada dentro das instituições, enfatizando ainda mais os princípios da empresa e punindo severamente a conduta tendenciosa a fraude e corrupção.

Consolidação do compliance

Compliance Blue Marker

 

Um dos setores mais comentados após a operação lava jato e que tem ganhado proporção a cada dia, o compliance passou a ser olhado com bons olhos pelas empresas nacionais, na busca de estruturar seus processos para prevenir e identificar riscos.

O compliance conquistou o seu espaço após o escândalo envolvendo o governo e as empreiteiras. Uma instituição que não conta com um processo de compliance bem definido pode ter perdas significativas, tais como, sua reputação, impacto nos valores negociados em bolsas nacionais e internacionais, perda de vantagem competitiva, dentre outros.

Para ajudar você na estruturação de um departamento de compliance ou na aplicação de processos efetivos, separamos algumas atividades aplicadas pelo compliance e que contribuem para melhorias na identificação de riscos:

  • Leis – Certificar-se da aderência e do cumprimento
  • Princípios éticos e de formas de conduta
  • Procedimentos e controles internos
  • Sistema de informações
  • Planos de contingência
  • Prevenção a lavagem de dinheiro.
  • Cultura de controles

Com o país sendo passado a limpo, esse setor só tem a crescer e contribuir com impactos significativos dentro das organizações, contribuindo para operações de negócios mais transparentes, visando sempre agir dentro dos termos legais determinado por leis.

Conclusão

Sabemos que o Brasil tem enfrentado momentos difíceis, estamos praticamente sendo passados a limpo. As investigações de atos de corrupção publicada pela mídia brasileira só consolidaram ainda mais o que a população já imagina e até já sabia.

Mas o “sucesso” causado pelas investigações não trouxeram apenas pontos negativos, veio também fatores positivos e uma conscientização maior por parte das instituições em querer contribuir por um país mais limpo da sujeira deixada pelos escândalos.

Sabemos que em um determinado momento, as investigações irão se encerrar, mas, quando tudo isso acaba, voltaremos as velhas práticas? Espero que não! Que a cada dia possamos ser mais conscientes e intolerantes aos casos de corrupção, para que assim, de uma vez por todas, esse câncer seja curado e que o nosso país viva dias melhores.

Caso tenha ficado alguma dúvida sobre processos de compliance, sistema de informações, entre em contato com nossos especialistas e saiba a fundo sobre o tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *